Blog

Branding Digital: importância da gestão da marca para as estratégias digitais

O Branding já existe a um bom tempo, mas você está por dentro do conceito de Branding Digital? Ele basicamente envolve a gestão da marca no ambiente digital. Simples não?

Porém, é preciso entender esse conceito a fundo, como ele pode ser aplicado e a importância dele para a visibilidade da sua marca no meio online.

E vamos falar também sobre a importância dele para que as estratégias de marketing digital possam trazer ainda mais resultados para o seu negócio. Continue a leitura!

O que é Branding e Branding Digital?

Se traduzir a palavra “Branding” ela significa marca. Mas, o conceito é ouvido no mercado como gestão da marca. Ele é um conjunto de ações que são realizadas levando em consideração o posicionamento, propósito e valores da marca.

O principal objetivo dele é criar sensações e conexões entre sua marca e o cliente, deixando pouca ou nenhuma brecha para o concorrente tirá-lo de você. Dentro do Branding, mais importante do que o produto/serviço que você vende é o problema que você resolve.

Você deve estar se perguntando: o que exatamente engloba o Branding?

Cores, logotipo, fonte, valores da empresa, brandvoice, pessoas, tudo influencia para que exista uma personalidade da marca, esta que deve ser única e carregar consigo traços que sejam percebidos e lembrados pelos clientes de forma diferenciada.

Além de estabelecer um tom de voz e personalidade, o Branding está muito ligado ao relacionamento que a marca constrói com as pessoas. Então, ele existe com o intuito de obter alguma reação, contato, interação da marca com o público. Ele busca conquistar reconhecimento e respeito dos clientes pela marca.

Já o Branding Digital é o relacionamento, a conexão da marca com as pessoas no meio digital. Ele envolve todas as ações e estratégias que vão permitir uma maior proximidade e influência na decisão de compra das pessoas. Ou seja, é aplicar as práticas do Branding nos canais digitais.

Antes de toda essa conectividade, o Branding tentava trabalhar criando conexões e sensações em uma linha onde a informação só ia até o público, mas ele não tinha meios de dar retorno.

Com a internet a marca tem a oportunidade, através do Branding, de ser mais assertiva, já que o diálogo, a conversa entre marca e consumidor é muito mais fácil.

Qual a importância do Branding Digital?

Branding digital

A partir do momento que a marca trabalha o Branding, ela constrói propósito e personalidade. E isso conta muito na fidelidade dos consumidores, já que é através dessas ações que a marca gera identificação com as histórias, momentos e experiências vividas pelas pessoas.

Não se trata mais somente do produto, mas principalmente do valor que a marca entrega através dele.

Ter uma identidade bem definida, uma personalidade forte, atitude e um tom de voz bem alinhado em todas as campanhas é o básico da presença digital.

O relacionamento contínuo da marca com o usuário não é só uma necessidade, podemos até dizer que é uma obrigação. Isso porque, com tanta informação na palma da mão, o consumidor pode acessar o seu site, mas no mesmo instante pode sair dele e buscar outra solução, outra conversa.

Ou seja, quando ele chega até você, é fundamental que ele já enxergue no início o valor que tem para a sua marca e o que ela tem a oferecer a ele além do produto. 

Mas afinal, por que trabalhar o Branding Digital?

Porque você acha que as campanhas estão cada vez mais sendo feitas com pessoas reais? Stories do Instagram são gravados sem maquiagem, onde as pessoas comuns contam coisas do dia a dia?

As marcas estão seguindo este caminho. O produto ainda importa, mas a história, o exemplo, as emoções e o propósito que a marca passa através dele para as pessoas é mais relevante, é o que marca.

Além disso, com o Branding Digital sua marca é vista de uma forma mais estruturada e existe um maior controle do que é publicado, mostrado, escrito. Ele estabelece uma linha de conversa com os clientes de tal forma que você seja lembrado quando a pessoa ver, ler ou viver algo relacionado a identidade e propósito da sua marca.

Compramos com a razão ou com a emoção?

Pode parecer estranho, mas nossas decisões de compra não são totalmente racionais. É muito comum olharmos alguma coisa e levarmos por impulso. E isso não é uma compra realizada pela razão, mas sim pela emoção.

Mesmo as compras que acreditamos serem totalmente racionais, lá no nosso subconsciente houveram estímulos emocionais que influenciaram a comprarmos determinado produto/serviço. E esse tipo de compra que “parece racional” não ocorre só quando refletimos muito antes de comprar. Ela pode também ocorrer no impulso.

Resumidamente, independente de se foi uma compra planejada de muito tempo ou não, nosso cérebro toma a decisão levando em conta fatores também emocionais.

E é aí que o Branding deve entrar! Com o Branding bem feito você tem mais chances de que o cliente leve o seu produto, mas não apenas isso. Ele vai ajudar também na construção de um relacionamento duradouro.

Como fazer Branding Digital?

Como fazer branding digital

Se você já tem uma marca, talvez seja necessário repensar em tudo. Se não tem ainda, essa é a oportunidade de começar o Branding Digital dela.

De forma bastante sucinta, a primeira parte que você precisa pensar quando o assunto for gestão de marca, é na identidade visual dela por inteiro – logo, estilo, manual da marca.

Como ela irá se apresentar nas redes sociais? Quais cores serão utilizadas junto da marca? Qual o design no site e blog? Unificar o design da logo e materiais digitais é essencial para facilitar a memorização dos clientes.

O outro ponto, depois de ter toda a parte de design pensada, é definir as estratégias, ou seja, qual será o tom de voz em todo canal e em toda conversa? Será mais sério ou descontraído? Qual será a personalidade da marca? Quais canais de comunicação são ideais conforme o tom de voz e como a marca quer ser percebida? Que tipos de conteúdo vão reforçar a identidade e tom de voz da marca e apresentar o produto/serviço de forma eficaz?

Onde sua marca estiver, ela precisa ser marcante

Então, tudo, absolutamente tudo precisa ter o “toque” da sua marca. Onde quer que ela esteja no meio digital, seja um comentário, uma imagem, um vídeo, tudo deve seguir o propósito, a personalidade adotada pela sua marca.

Para que o Branding Digital funcione é preciso se preocupar também com mais algumas questões. Não pense só no agora, a gestão da marca deve ser contínua, principalmente se tratando do ambiente digital.

O que funciona hoje, pode não ser mais tão eficaz amanhã. Assim como pode ser mais rápido conquistar o cliente através da internet, já que ele vem até você com todas as informações do produto em mãos, pode ser muito fácil perdê-lo. Uma classificação péssima no Facebook pode afastar muitos potenciais clientes, por exemplo.

Nesse sentido, analise e cuide frequentemente da percepção que os clientes possuem da sua marca. A opinião deles tanto pode ser benéfica, quanto pode ser desastrosa.

E claro, invista em conteúdo. Uma das melhores formas de criar relacionamentos, conexões e experiências marcantes com seus clientes e futuros clientes é produzir conteúdo relevante, que possa ajudar em algum problema ou dor deles.

 Ao oferecer um conteúdo que realmente agregue na vida da pessoa, sua marca estará dando um passo para estabelecer uma relação que tem grandes chances de ser longa.

Branding Digital e as estratégias online

Já falamos muito sobre o Branding, mas ainda não tínhamos chegado na questão da importância dele para as estratégias digitais, certo?

Quando a marca adota o Branding, toda a comunicação segue uma linha de conversa e de identidade visual. Quanto mais ela é assertiva nisso, mais fácil, pode se assim dizer, é para a equipe do marketing estabelecer e colocar as estratégias para rodar.

Isso porque as pessoas tendem a se identificar com marcas que mostram seu posicionamento e propósito em cada campanha, peça, texto, etc.

Quer um exemplo? Se o seu negócio vende serviço de consultoria para empresários, não faz sentido colocar na página da sua empresa no Facebook imagens fofas de bom dia ou boa noite, concorda? Quando se tem essa percepção é muito mais fácil construir uma conexão com o público que é foco do seu negócio.

Esse foi um exemplo simples, mas que faz toda a diferença para os resultados. Uma marca que se apresenta na internet um dia com a logo verde e no outro com a logo vermelha, por exemplo, claramente não faz uso do Branding Digital.

Uma marca que muda constantemente sua forma de se portar frente ao mercado, passa a sensação de instabilidade e pouca confiança. Já uma marca que define uma identidade visual, um tom de voz e posicionamento frente a qualquer outra pessoa ou empresa passa segurança e é mais lembrada por cada cliente.

Podemos dizer que entre o Branding e o marketing digital existe uma parceria. Enquanto um vai mudar a percepção que as pessoas têm em relação a determinada marca, o outro irá fortalecer a marca através de estratégias de campanha.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Entre em contato conosco!

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado