Blog

Hábitos Digitais no Brasil e a influência no Marketing

Há um tempo é possível notar inúmeras mudanças nos hábitos de consumo das pessoas e na forma como elas se relacionam com as marcas. Essas mudanças também estão presentes fortemente no ambiente digital. Com a expansão do cenário tecnológico, a internet trouxe inúmeras facilidades e hoje é possível encontrar uma enorme quantidade de consumidores e empresas no ambiente online. Confira neste artigo alguns dados sobre os hábitos digitais do brasileiro e como o marketing pode usar isso a seu favor!

A internet trouxe algumas mudanças significativas para o mercado empresarial: a concorrência aumentou, os consumidores tornaram-se mais exigentes em relação ao produto ou serviço que escolhem e também passaram a prezar mais pela praticidade e pelo conforto.

O consumidor e a internet

A pesquisa Consumidor Digital 2017, realizada pela Conversion, mostrou que 93% dos brasileiros conectados já realizaram compras pela internet. As companhias, percebendo essa tendência, estão se empenhado em oferecer um serviço com maior qualidade. Isso também aumentou a confiança dos brasileiros a ter experiências online.

Uma grande mudança deste meio está relacionada ao dispositivo com o qual as pessoas acessam a internet. Antes, era mais comum termos o acesso a internet exclusivamente ou em grande parte pelos desktops e laptops. Hoje, um enorme número de pessoas acessa a rede através de dispositivos móveis (smartphones e tablets). O levantamento “Digital in 2018 in Southern America”, feito pela Hootsuite, aponta os seguintes dados de uso da internet pelo brasileiro:

  • População Total: 210.1 Milhões
  • Usuários de Internet: 139.1 Milhões
  • Usuários ativos em Redes Sociais: 130 Milhões
  • Usuários exclusivos de dispositivos móveis: 143 Milhões
  • Usuários ativos em Redes Sociais através de dispositivos móveis: 120 Milhões

O que mostra uma enorme quantidade de pessoas conectadas a internet, sendo uma grande parcela através dos dispositivos móveis. Os números também mostram a grande ascensão das Redes Sociais, sendo estas um ótimo nicho para as empresas atuarem através do marketing.

Compras na Rede

A democratização do acesso 3G e 4G foi um dos principais fatores que fizeram com que cada vez mais pessoas passassem a utilizar seus smartphones e tablets como principal ferramenta de acesso à rede, inclusive nas classes menos favorecidas. Uma pesquisa realizada pela Opinion Box, denominada “A Tendência do Mobile no Brasil”, entrevistou 1.020 consumidores brasileiros. A mesma concluiu que um total de 92,1%, de pessoas utilizavam o dispositivo móvel para compras online, por exemplo.

Além disso, 84% dos entrevistados revelou que compram qualquer tipo de item pelo smartphone ou tablete. Porém, a categoria campeã é a de Serviços. Como, por exemplo, aplicativos para solicitar táxi ou Uber, pedir comida/delivery, recarregar bilhete único, realizar carga celular, etc. A segunda categoria é a lista de produtos do dia a dia (como produtos de farmácia, supermercado, roupas, acessórios). Em terceiro lugar ficaram as Compras Pontuais – como móveis, eletrônicos e eletrodomésticos.

O que o brasileiro mais faz na web?

Segundo o “Digital in 2018 in Southern America” (Hootsuite), o top 5 das páginas mais acessadas pelo brasileiro são:

1. Google.com.br (tráfego mensal: 4.864.700.000)

  1. Facebook.com
  2. Youtube.com
  3. Google.com
  4. Globo.com.br

Nos países que mais acessam o Facebook, o Brasil ficou em terceiro lugar, atrás apenas da Índia e dos Estados Unidos (e a frente da Indonésia e México, respectivamente em quarto e quinto lugares). Já no Instagram, o Brasil fica atrás apenas dos Estados Unidos, sendo o segundo país do mundo que mais acessa o aplicativo. Atrás de nós, Indonésia, Índia e Turquia.

Nas análises de uso do Facebook, foi possível verificar 130 milhões de usuários brasileiros ativos por mês. Tendo esse número crescido 7% se comparado a janeiro de 2017. A porcentagem de acesso através do dispositivo móvel é de 92%. E a divisão do público que mais acessa ficou em 54% feminino e 46% masculino (autodeclarada).  Quanto ao Instagram, verificou 57 milhões de usuários brasileiros ativos por mês, sendo 59% feminino e 41% masculino.

O que isso influencia na minha empresa?

Quando os consumidores mudam os hábitos, eles não mudam sozinhos. O mercado os acompanha! Com as mudanças nos hábitos digitais, os anunciantes e as empresas que atuam com marketing digital também devem buscar novos caminhos para se comunicarem de maneira eficiente. A internet trouxe a necessidade e a possibilidade de utilizar uma linguagem mais impessoal com o público, alcançando a audiência certa no momento certo.

Hoje em dia, sites, redes sociais e outros meios de comunicação online são imprescindíveis para manter um relacionamento da marca com o cliente. E é importante saber quais meios digitais utilizar para cada tipo de público e como utilizá-lo. Por isso que conhecer os hábitos digitais da população é tão importante!

Uma das principais dicas para as empresas investir em conteúdo no meio digital para relacionar-se com o cliente. Programar postagens sobre datas comemorativas, produtos/serviços da companhia, apresentação institucional, eventos, entre outros. Sempre falando a linguagem do seu público alvo, menos técnica e mais informar (na maioria das vezes). Atentar-se aos depoimentos de clientes e usuários que validam sua empresa também é importante. A chamada Prova Social, ou o famoso “boca a boca” virtual.

O que aprender através dos hábitos digitais

– Esteja presente no ambiente online

O meio web já alcança a maior parte da população do país e ainda tem um grande potencial de crescimento. Especialmente quando falamos do acesso através dos dispositivos móveis. Para as marcas é fundamental estar online e oferecer respostas rápidas ao consumidor. Não deixa de ter uma página institucional e um perfil das redes sociais. Atualmente, a forma mais comum de um usuário procurar informações sobre uma empresa é através deste meio!

– Invista na mobilidade

Prepare suas páginas para o acesso através do mobile. Com mais celulares conectados, as marcas precisam investir em interfaces adaptadas aos dispositivos. Ou seja, se o seu site for incrível mais não for responsivo para smartphones, ele não é tão incrível assim. O consumidor que se deparar com um site que não abre em um dispositivo móvel, certamente já terá dúvidas quanto a qualidade da empresa.

– Privilegie o conteúdo

Seguindo a tendência de outros países, o conteúdo é uma importante alavanca para o envolvimento no Brasil. Porém, é preciso conseguir o conteúdo certo, na hora certa, na tela do usuário certo. Invista numa equipe ou agência dedicada a isso. Pessoas que atuam com Marketing Digital são os melhores profissionais para analisar qual o seu tipo de público e onde é preciso investir para gerar resultados. Estes profissionais estão habilitados para cuidar da presença online da sua empresa, seja no seu próprio site ou nas redes sociais.

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado