Blog

Marketing Multinível: mantenha a força de venda de produtos e serviços

Você consegue me dizer agora, neste exato momento, um exemplo de negócio que utilize o marketing multinível? Pensou? A Avon é um ótimo exemplo.

Esse modelo de negócio é praticado em grandes negócios desde 1940 e ao longo dos anos foi aprimorado.

Então, hoje queremos falar com você sobre esse modelo, como ele surgiu, o que ele é, suas principais características, suas diferenças em relação ao marketing direto e ao esquema de pirâmide.

E ainda, vamos falar sobre alguns exemplos de empresas que o utilizam e o uso do marketing digital para alavancar as vendas dele. Continue a leitura!

Quem criou o marketing multinível?

Dr. Carl Rehnborg, médico, químico e industrial criou em 1934 a California Vitamin Corporation, nos Estados Unidos. Esta que, em 1939 se transformou na Nutrilite Products Company, Inc.

Entretanto, foi em 1941 que ele criou uma variação das vendas diretas e aplicou esse novo modelo de negócio na gestão que estava fazendo no seu próprio empreendimento.

O processo funcionava no mesmo sentido, sem intermediários, mas pagava em vários níveis.

O que significa marketing multinível?

O Marketing Multinível – também conhecido como MMN ou Marketing de Rede – segundo Edmundo Roveri, especialista em MMN e autor do livro A Evolução do Marketing Multinível “[…] é um modelo de remuneração utilizado para manter a força de vendas de produtos e serviços, onde o pagamento de comissões, bônus ou prêmios são destinados não só ao profissional que faz a venda como também a sua linha patrocinadora.”

Nesse sentido, o empreendedor obtém lucro com a venda de produtos e serviços e também com a criação da sua própria equipe de vendas. Dessa forma, seu faturamento será proporcional a receita gerada pelas vendas efetuadas pelos revendedores que integram seu time.

Quais as principais características?

Modelo de negócio marketing multinível

É importante apresentarmos algumas características desse modelo de negócio para que você entenda ainda mais:

  • Ele trabalha com a venda de produtos ou serviços
  • O lucro é proporcional ao esforço
  • Gera uma continuidade
  • Gera e recolhe impostos
  • Tem garantia de devolução ou desistência do negócio
  • Investimento em treinamento
  • Tem práticas regimentadas pelo Código de Ética
  • Desempenha papel importante no fomento de novos empreendedores.

Marketing multinível vs marketing direto

Enquanto no marketing multinível o distribuidor pode se associar a outros distribuidores e assim existe uma segunda remuneração por parte da empresa, no marketing direto a remuneração feita pela empresa vai apenas para o distribuidor que vende ao consumidor final.

Marketing multinível vs pirâmide

Uma forma bem clara de entender a diferença entre eles é que, quando o lucro vier de vendas de produtos ou serviços, então provavelmente você tem um marketing multinível.

Porém, se o lucro vier do recrutamento de pessoas e não apresentar nenhum envolvimento com o produto, é bem possível que seja um esquema de pirâmide.

Algumas características desse modelo de negócio e que você pode usar como parâmetro para entendê-lo e identificá-lo:

  • A pessoa que entra neste modelo é remunerada pela indicação de outras pessoas e não pela venda de ou produto ou serviço
  • Quem lucra nele são as primeiras pessoas que entraram
  • É um modelo de negócio comercial não sustentável, já que caso o fluxo de novos membros seja interrompido, o esquema pode quebrar
  • É necessário realizar na maioria dos casos um pagamento antecipado para participar (sem receber de volta um produto para vender)
  • A sustentação do negócio se dá apenas pelo investimento feito pelos novos integrantes e não pelo lucro das vendas.

Edmundo Roveri, especialista em MMN e autor do livro A Evolução do Marketing Multinível, apresenta alguns pontos que indicam que determinado negócio pode ser uma pirâmide financeira: “[…]prometer ganhos baseados no investimento, realizar negócios sem produtos ou serviços, ganhar pela ordem de chegada pura e simplesmente, independente de obter resultado em vendas, e participar de negócios sem empresas, são seguramente indícios de Pirâmides Financeiras.”

Confira abaixo um vídeo da ABEVD que fala a diferença entre esses dois modelos de negócio de uma forma muito fácil de entender.

Além de todas essas diferenças, o modelo de negócio marketing multinível trabalha levando em consideração o Código de Ética da ABEVD (Associação Brasileira de Empresas de Vendas Direta).

Sobre o Código de Ética, vamos falar a seguir.

Código de Ética ABEVD

Conforme informações do site da ABEVD, não existem leis específicas no Brasil que regulamentem o modelo comercial de vendas em redes, mas existe o Código de Ética da ABEVD, que segue o modelo mundial adotado pela WFDSA (World Federation of Direct Selling Associations), cujo cumprimento requer um nível de comportamento ético que excede requerimentos legais nacionais.

No site é ainda mencionado que as empresas associadas à ABEVD se comprometem a cumprir e a difundir seus códigos de ética e conduta.

Você pode ler o Código de Ética da ABEVD clicando aqui.

Quais as empresas que usam esse modelo de negócio?

Logomarca Tupperware

No início te falamos um exemplo muito conhecido de marketing multinível que é a Avon. Agora vamos apresentar algumas empresas que aplicam esse modelo e já conquistaram bastante espaço no mercado nacional e internacional:

  • Tupperware
  • Herbalife
  • Boulevard
  • Mary Kay
  • Hinode
  • i9Life
  • Racco
  • Jequiti.

Utilizando marketing digital para alavancar o marketing multinível

O marketing digital vai ajudar tanto se você quiser abrir seu próprio negócio marketing multinível, quanto se você tem interesse em participar de uma empresa que já aplica esse modelo, neste caso então, como distribuidor.

Ao ter um site bem estruturado e otimizado para as buscas, você estará presente no meio digital.

Se utilizada as técnicas e estratégias certas, você pode adquirir com mais facilidade clientes para o seu produto/serviço. E também distribuidores para darem continuidade nesta linha de vendas.

Com o site você poderá ensinar pessoas sobre os produtos e técnicas de vendas. E ainda, poderá apresentar dicas e tendências sobre esse nicho de mercado, por exemplo.

Fazendo essa produção de conteúdo para seu site e redes sociais e utilizando estratégias específicas de um bom planejamento de marketing digital você pode conquistar muitos clientes e distribuidores.

Ficou com alguma dúvida sobre esse modelo de negócio? Ou como o marketing digital pode ajudar na prospecção de mais clientes e distribuidores? Fale conosco!Infográfico Planejamento de Marketing Digital

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado