Blog

Mídias Digitais – Onde estão os melhores resultados para profissionais de saúde

As redes sociais estão sendo ferramentas utilizadas amplamente por empresas de vários segmentos, e tem conquistado ótimos resultados para os empreendedores. Elas oferecem a possibilidade de maior alcance com um custo relativamente baixo, se comparado às mídias tradicionais (jornal, tv, outdoor).

Elas vem conquistando o público da área da saúde, principalmente profissionais liberais, como médicos e dentistas. Além do baixo custo, permite chegar no paciente de maneira mais assertiva, agregando conhecimento e fortalecendo a relação entre eles.

Neste blog post, vamos expor quais canais que podem ser usados por profissionais da saúde, como eles podem reter clientes com o compartilhamento de conhecimento e algumas redes sociais focadas no segmento.

Redes Sociais no Brasil

Segundo a pesquisa Digital Future in Focus, de 2015, o Brasil é o país que mais passa tempo nas redes sociais. Ao todo são 650 horas por mês navegando nas redes e atualizando status. Nossa média é 60% maior em comparação a média do resto do planeta.

Elas são os canais mais acessados na rede brasileira, na frente de sites de notícias, portais e outros canais de entretenimento. No total são cerca de 85 milhões de pessoas utilizando as redes sociais, interagindo com amigos, familiares, e principalmente, empresas.

Redes Sociais e a Saúde

Ter sua página profissional no Facebook ou Instagram, não se trata apenas de seguir a tendência do mercado ou o que o seu concorrente está fazendo, mas de demonstrar ao paciente sua credibilidade.

Ao longo do tempo atribuiu-se o conceito de que, se você não é encontrado na internet, então seu negócio é duvidoso. A rede social promove o contato com esse público de forma mais rápida, assertiva e duradoura e é possível monitorar os dados em tempo real.

Segundo a pesquisa da PewResearch, cerca de 58% dos usuários brasileiros ativos na internet usam esse meio para pesquisar informações sobre saúde.

E eles usam a internet não apenas para pesquisar conteúdo sobre saúde, como também, para agendar consultas. De acordo com matéria no Gazeta do Povo, a Doctoralia, plataforma de agendamento de consultas pela internet, cresceu 236% no Brasil em seis meses.

Se você não estiver na internet, seja nas redes sociais, com site ou em plataformas assim, como os pacientes irão lhe achar?

Cada dia mais o ser humano busca por praticidade em todas as áreas da sua vida. Poder agendar uma consulta pela internet é uma facilidade que está pegando no gosto dos brasileiros e uma oportunidade de crescimento para você, profissional da saúde.

Exemplificamos sobre o agendamento de consultas, mas ao projetar o foco da sua clínica/consultório na internet, em especial nas redes sociais, é importante que você ofereça conteúdo pertinente. Dicas sobre saúde e informações que acrescentem no conhecimento e vida do paciente. Esse trabalho, mais conhecido como Marketing de Conteúdo, também auxilia, e muito, no valor do seu serviço entregue a ele.

Mais do que isso, ele permite uma relação mais palpável e vantajosa para ambos. Você oferece seu serviço de forma menos incisiva e estabelece uma conexão mais amigável.

divulgar conhecimento nas redes sociaisCompartilhe conhecimento

Como já mencionado acima, a ideia de aderir às redes sociais não é oferecer freneticamente seus serviços, mas construir contato, de forma gradativa, com o paciente em potencial, através de conteúdos relevantes.

É preciso ter cuidado com as ações realizadas para alcançar esse objetivo, pois elas devem ser norteadas pela ética. Ações de caráter informativo são permitidas. Vídeos, e-books, cartilhas, artigos, infográficos, manuais e outros materiais podem ser compartilhados nas redes sociais.

Trouxemos algumas dicas de conteúdos para as redes sociais mais usadas pelas pessoas:

  • Facebook: pense nas principais dúvidas dos seus pacientes e temas que sejam interessantes para eles. Ou ainda, que esteja focado em esclarecer questões voltadas a sua área de trabalho (fisioterapia, psicologia, pediatria, etc). Artigos sobre tratamentos médicos, notícias da mídia (sempre de fontes confiáveis) e informações sobre sua carreira profissional, por exemplo. Publicações com imagens e vídeos possuem maior engajamento do público, mas fique atento ao Código de Ética;
  • LinkedIn: rede profissional onde você cria seu currículo e acrescenta conhecimentos técnicos, referências de formação e experiências profissionais. Não só pacientes como outros profissionais podem se conectar com você. A ferramenta para publicação de artigos e os grupos de discussão são bons caminhos para crescer sua visibilidade na rede. Você pode escrever sobre temas pertinentes ao seu ramo, bem como, discutir com outros profissionais sobre dúvidas e opiniões.
  • Google+: é uma rede social muito parecida com o Facebook, de tal forma que você pode colocar o mesmo conteúdo. Notícias, fotos e links para artigos de própria autoria são muito relevantes. Concede o gerenciamento de contatos, onde você pode publicar conteúdo diferente de acordo com o interesse de cada um. Por meio da sua página na ferramenta, os pacientes podem avaliar o seu serviço.
  • Instagram: é comum que as pessoas passem pelo feed dele sem ler as descrições. Por isso, quanto mais chamativa for sua imagem, mais atenção vai conseguir dos clientes em potencial. É essencial ficar atento ao Código de Ética.
  • WhatsApp: uma pesquisa da consultoria britânica Cello Health Insight, feita em novembro de 2015, mostra que 87% dos médicos brasileiros usam essa ferramenta para conversar com seus pacientes. A regra principal no uso dela é: não realizar consultas online. É possível sanar pequenas dúvidas ao longo do tratamento, mas consulta, apenas presencial. Mandar mensagens para pacientes que já foram atendidos por você, perguntando como estão ou se o tratamento está correndo bem, demonstra seu interesse no bem-estar deles.

Redes Sociais Especializadas em Saúde

Já existem no mercado inúmeras redes focadas em saúde, e abaixo iremos listar algumas que podem ser do seu interesse.

Medicinia – Foi criado em 2012 e é um aplicativo de mensagens exclusivo para o relacionamento entre médico e paciente. Ele separa vida profissional da vida pessoal, conversas particulares você pode fazer no WhatsApp, e com os pacientes, pelo Medicinia. Ele oferece segurança nas informações e pode ser utilizado para lembrar de instruções. Não só isso, orienta sobre procedimentos, analisa a evolução dos exames e tira dúvidas.

Ology – É uma rede profissional exclusiva para médicos. Tem como foco principal o contato entre profissionais, com troca de informações. Ela oferece comunidades/grupos, permite a criação de um perfil profissional e interação em uma linha do tempo. Disponibiliza sistemas de colaboração em diagnósticos, conferências online, plataformas de recrutamento e um ambiente seguro para realizar todas essas atividades.

Doctors Way – Criada em 2011, ela oferece ferramentas importantes para facilitar o dia a dia dos médicos e é gratuita e privativa. Possui ferramenta de perguntas e respostas, de médicos para médicos. Oferece acesso a artigos nacionais e internacionais, comentados por especialistas, divididos por temas em medicina, com atualização diária e semanal. Seu perfil profissional fica disponível para toda a comunidade médica com possibilidade de mensagens diretas e ampliação do seu network.

Conclusão

Você viu que as redes mais usadas pela população em geral, tem o potencial de serem ótimas ferramentas para a sua clínica ou consultório. Todas possuem em seu leque de possibilidades, várias ações que se aplicam ao seu trabalho.

Não é fácil dizer qual rede social é ideal para você, pois cada atividade, dentro das inúmeras existentes na área da saúde, trabalha com seus focos e objetivos.

Por isso, é fundamental contar com uma agência especializada em marketing digital para lhe auxiliar, elaborando uma estratégia digital específica para alcançar seus objetivos. A partir do entendimento do seu negócio, dos serviços prestados e da mensagem que você quer passar, é possível definir com mais assertividade as redes e meios digitais ideais para você.

Ou seja, todas são indicadas para ter um relacionamento com pacientes. Entretanto, é através de uma ajuda especializada que esse trabalho se torna mais assertivo e oferece de fato, valor agregado para você e seus pacientes.

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado