Blog

Planejamento de Marketing Digital: por que investir?

Você sabe quais são os itens básicos de um planejamento de marketing digital? Não? Nó vamos te ajudar. Definição de quais os melhores canais, formatos de conteúdos e qual investimento é necessário para falar com a persona da sua empresa. Esses são os itens mais básicos do planejamento de marketing digital.

O planejamento estratégico traz clareza sobre os objetivos da empresa e as ações que deverão ser realizadas para alcança-los. Além disso, ele permite que novas possibilidades sejam analisadas e que novos canais possam ser testados.

Quando o assunto é o planejamento de marketing digital, essas oportunidades são ainda mais significativas. Isso porque as pessoas querem muito mais do que navegar em um bom site. Elas querem interagir, querem gerar conteúdo com a marca, querem aparecer. Os usuários querem ser membros ativos da comunicação digital empresarial e, estar aberto a isso, exige planejamento.

Mobile, novas mídias, canais, novos posicionamentos têm exigido das empresas maior presença web. E também uma presença mais marcante. É preciso juntar, qualidade, empatia e performance em todas as ações. Assim, hoje os planejamentos de marketing digitais são elaborados por equipes multifuncionais: TI, criação, mídia, conteúdo, analista de mercado e ainda pesquisas e análises de redes sociais.

Como em outras áreas, as empresas brasileiras ainda não fazem o uso do planejamento de marketing como uma ferramenta de gestão. De acordo com um estudo do The Boston Consulting Group, apoiado pelo Google, cerca de 98% das empresas nacionais ainda não utilizam todo o potencial do marketing digital. Para melhorar esse dado, somente através de ações bem planejadas e executadas.

Por que investir no Planejamento de Marketing Digital?

Planejamento de Marketing DigitalSegundo o dado apontado enquanto as empresas engatinham no marketing digital há um grande campo a ser explorado.  Há um número pequeno delas utilizando o potencial digital, fazendo o uso de informações de forma analítica. Esses dados podem ser agentes de transformação da jornada dos clientes e, principalmente trazer insights sobre a personalização de ofertas a persona.

Além disso, o plano de marketing permite a integração de dados isolados, transformando tudo eles em informações de investimento, canais e mensagem. O planejamento define desde a persona até os valores necessários para uma boa performance em mídias pagas.

Entre os benefícios há ainda a inclusão de indicadores que pontuaram o desempenho de cada uma das ações. Com o compartilhamento de informações entre os setores, como o marketing e comercial, esses dados se transformarão no ROI da empresa, ou seja, no cálculo do retorno sobre investimento.

O que engloba um plano de marketing?

O escopo de um planejamento de marketing digital pode variar bastante. Não há um modelo padrão a ser adotado e muitas vezes, esse é personalizado ao objetivo macro da empresa. No entanto, alguns itens aparecem na maioria dos planejamentos de marketing digital. São eles:

  • Diagnóstico: nele é resgatado todo o histórico do marketing digital já feito pela empresa. Os canais usados até então, a periodicidade da comunicação, a qualidade dos perfis usados e até a coerência dessas ações junto a concorrência.
  • Estudo de mercado: para entender as possibilidades é preciso entender o comportamento do mercado pretendido. É preciso saber se o público-alvo já está inserido no meio digital e qual a demanda ainda existente no mercado para prospecção.
  • Persona e BrandVoice: Definir especificamente a pessoa com a qual desejamos nos comunicar e como será essa mensagem, torna as ações mais humanizadas, permite a projeção de ações mais específicas e assertivas e além disso, permite o planejamento de conteúdos com foco na jornada de compra do cliente.
  • Ações: Todo planejamento traz as ações necessárias para a conquista dos resultados. No plano de marketing essas ações, geralmente, são elaboradas para cada um dos canais sugeridos, criando uma presença digital completa e harmônica.
  • Investimento e cronograma: todas as projeções são complementadas com os valores necessários em mídia paga e o cronograma de ação. Nem todas as ações envolvem investimento, mas em alguns pontos é fundamental a criação de campanhas e anúncios.

Estudos, pesquisas e ação

A publicidade digital no Brasil cresceu 25,4% no ano passado, saltando de R$ 11,8 bilhões (2016) Planejamento de Marketing Digitalpara R$ 14,8 bilhões. Os dados fazem parte da pesquisa “Digital AdSpend 2018”, realizada pelo IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau).

Todo esse investimento tem gerado um banco de dados interessante sobre a performance de cada mídia e ainda o comportamento do mercado. Por isso, um ponto fundamental do Planejamento de Marketing Digital é o aprofundamento nesse histórico. Aprender com aqueles que já executaram e com as informações fornecidas por cada uma das ferramentas é uma maneira de reduzir os riscos, ou investimentos falhos.

Além disso, ainda que imatura no marketing digital, as ações off-line também trazem dados importantes para o campo on-line. Afinal, é possível entender a mensagem que foi mais eficaz ou que imagens tiveram melhor repercussão por exemplo, ainda que os dados dos resultados sejam incertos pela falta de medição.

A mudança do perfil consumidor

As pessoas estão mais receptivas, mas também muito mais exigentes. Há mudanças significativas no perfil consumidor brasileiro. Outra pesquisa da BCG com mais de 3 mil consumidores brasileiros conectados indicou que eles são altamente receptivos e influenciáveis por anúncios digitais.

Para comprovar a importância do planejamento de marketing digital basta analisar o número de pessoas que se declaram inclinados a clicar em anúncios pagos na web. Cerca de 56% deles declaram estar dispostos a interagir com a mídia paga. Mas, esse número chega a 75% se o anúncio for algo do seu interesse. Ainda cerca de 65% dos consumidores indicaram que comprariam mais se recebessem abordagem mais personalizada. Outros 60% disseram que mudariam a opção de compra por outra marca, em troca de experiência mais personalizada.

Ou seja, entender essas oportunidades, atender expectativas e ainda manter a empresa conectada e principalmente, com uma presença web ativa, exigirá muito mais do que o tradicional marketing. Será necessário planejamento, estratégia e uma execução alinhada.

Planejamento de Marketing Digital

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado