Blog

Políticas de Publicidade do Facebook: confira quais são as principais restrições!

Políticas de Publicidade do Facebook: confira quais são as principais restrições!

Sumário

Reading Time: 5 minutes

É fato que o Facebook é uma das redes sociais com mais restrições, digamos assim, na hora de criar e manter posts na plataforma. Pensando nisso, elaboramos um conteúdo para falar exatamente sobre esse assunto: Políticas de Publicidade do Facebook!

Você sabe tudo o que pode e o que não pode ser feito quando se trata de publicidade no Facebook? De antemão, já alertamos que estes são fatores que podem mudar e serem aprimorados periodicamente, por isso, é essencial você se manter informado sobre o assunto.

Considerando isso, falaremos sobre as principais Políticas de Publicidade do Facebook, quais as restrições são importantes ficar atento e a importância de atender a todas elas para a saúde dos anúncios do seu negócio!

Conhecendo as Políticas de Publicidade do Facebook

Conhecendo as Políticas de Publicidade do Facebook

É de responsabilidade do time comercial e de marketing da organização seguir as Políticas de Dados, Padrões da Comunidade e Termos de Serviço da plataforma. Eles são aplicados a todos os criadores de conteúdo e administradores de Páginas, grupos e eventos no Facebook.

O próprio Facebook deixa claro que cabe os profissionais que administram as respectivas páginas, manter a conformidade com todas as leis, estatutos e regulamentos aplicáveis.

Neste contexto, dentre as principais políticas para páginas, grupos e eventos, estão:

Práticas comerciais proibidas

Claramente, é obrigatória a integridade e veracidade das informações compartilhadas. Ou seja, utilizar práticas comerciais enganosas ou informações falsas, vai completamente contra as Políticas de Publicidade do Facebook.

Coleta de dados

Ao coletar dados, conteúdos e informações dos usuários, precisa estar claro que quem está fazendo essa coleta é a sua empresa através da página, mas não o Facebook. Também, é necessário fornecer um aviso e obter o consentimento do usuário para usar o conteúdo e as informações que coletar. Dentro deste fator, estão mais dois pontos importantes:

  • Coleção automática de dados: É proibido utilizar bots de coleta, robôs, spiders ou scrapers – dentre outros meios automatizados – para coletar informações de usuários e acessar o Facebook, sem possuir uma permissão por escrito do Facebook.
  • Chamadas para ação: Não é permitido utilizar informações obtidas de uma interação da pessoa com o botão de chamada para ação da Página para nenhum outro propósito que não seja fornecer o serviço associado com tal botão. Se você precisar usar essas informações para outro propósito, é preciso deixar claro e ter o consentimento explícito da pessoa.

Nome da página

Nas Políticas de Publicidade do Facebook, é enfatizado que os nomes de Páginas não devem incluir linguagem ofensiva, pontuação ou gramática excessivamente incorreta, bem como não devem conter somente localizações ou termos genéricos.

Informações necessárias

A página no Facebook da sua empresa precisa apresentar todas as informações necessárias para as pessoas que usam a rede social em questão. Incluindo informações essenciais para indicar a natureza comercial do conteúdo de suas publicações.

O processo de análise de um anúncio

Anunciar no Facebook é uma ação comum realizada pelas empresas. É nessa fase que as Políticas de Publicidade do Facebook, como mencionamos anteriormente, devem ser respeitadas.

Neste cenário, é interessante saber como funciona o processo de análise de um anúncio no Facebook. Para tanto, pontuamos as principais fases deste processo.

  • Ocorre, geralmente, dentro do prazo de 24h;
  • Todas as imagens, texto, direcionamento e o posicionamento do anúncio, além do conteúdo na página de destino dele são meticulosamente verificados.

O que pode causar a reprovação do anúncio?

  • Se o conteúdo da página de destino não estiver funcionando totalmente;
  • Caso não corresponda ao produto/serviço promovido no anúncio ou – é claro – não esteja totalmente de acordo com as Políticas de Publicidade do Facebook.

Meu anúncio foi rejeitado, e agora?

A Central de Ajuda para Empresas do Facebook pontua ações necessárias após a rejeição de um anúncio:

Dicas para ser mais assertivo quanto as Política de Anúncios do Facebook

O Facebook for Business disponibilizou algumas dicas para criar conteúdos mais assertivos na plataforma, bem como ser mais eficiente ao criar uma conta de anúncios no Facebook, são elas:

  • Apresentar o conteúdo de maneira clara e destacada;
  • Oferecer navegação fácil e intuitiva na página;
  • Garantir que o conteúdo da sua página de destino seja relevante para o anúncio. Direcionar as pessoas para uma página de destino inesperada ou com conteúdo irrelevante pode criar uma experiência confusa e negativa;
  • Conectar claramente a identificação visual (aparência e estilo) no anúncio à experiência que as pessoas terão quando chegarem ao seu site.

O que você não deve fazer:

  • Direcionar anúncios para páginas de destino com conteúdo original mínimo, conteúdo de baixa qualidade ou conteúdo de difícil acesso;
  • Desviar-se do conteúdo original da página de destino com anúncios incorporados ou pop-up excessivos;
  • Atrair as pessoas para clicar em links por meio de imagens de anúncios excessivamente cortadas ou anúncios com texto chocante ou sensual;
  • Tentar monetizar as visualizações dos anúncios do Facebook. Por exemplo, os anúncios do Facebook não devem ter links para páginas de destino que exijam cliques em outros anúncios para terem acesso ao conteúdo do site;
  • Usar anúncios de baixa qualidade, imagens sexualizadas ou chocantes.

Importância de atender as Políticas de Publicidade do Facebook

Ao não seguir as Políticas de Publicidade do Facebook em suas postagens, a empresa dona da conta em questão, simplesmente estará fadada ao insucesso nesta rede social.

Inclusive, segundo dados disponíveis na própria plataforma da rede social, os anunciantes são responsáveis por compreender e cumprir todas as leis e regulações cabíveis.

O não cumprimento poderá resultar em uma variedade de consequências, incluindo o cancelamento de anúncios vinculados e o encerramento da conta.

Obviamente, isso não irá impactar o seu negócio de forma positiva, uma vez que você estará perdendo a oportunidade de ser relevante em uma das redes sociais com maior potencial para empresas atualmente.

Vale a pena usar o Facebook em estratégias de marketing da sua empresa?

Vale a pena usar o Facebook em estratégias de marketing da sua empresa

A resposta é facilmente um claro e sonoro sim, e os dados não mentem:

Segundo dados do Facebook for Business, para se ter uma ideia da presença do Facebook na vida das pessoas, é como se todos os meses metade da população brasileira – de um total de 204 milhões habitantes, segundo o IBGE – entrasse na plataforma para compartilhar e descobrir novidades.

Indo além, o Facebook comprova cerca de 3 milhões de anunciantes ativos ao redor do mundo que veem seus negócios crescerem constantemente,  graças ao poder de escala e segmentação da plataforma, que permite chegar exatamente no público-alvo que interessa às marcas.

A conexão entre pessoas e marcas é comprovada! Segundo dados internos do Facebook, 99% dos usuário afirmam que leem as publicações das marcas no Facebook. Destes, 68% acessam a rede social para descobrir novos produtos.

Ou seja, não precisamos ir muito longe para entender as muitas possibilidades de oportunidades comerciais que o Facebook proporciona – a um clique de distância entre empresas e o público.

E então?

Apresentamos neste conteúdo, as principais Políticas de Publicidade do Facebook que são necessárias conhecer para garantir assertividade e sucesso do seu negócio nesta que é uma das mais relevantes redes sociais da atualidade.

Quer saber como podemos ajudar a sua empresa a seguir todas as Políticas de Publicidade do Facebook e ainda usar esta rede social para expandir o seu negócio? Clique abaixo e entre em contato conosco!

Entre em contato agora
e vamos juntos alavancar sua empresa!