Influenciadores digitais: como eles podem ajudar na estratégia da empresa

Voltar
Influenciadores digitais: como eles podem ajudar na estratégia da empresa

Nos últimos anos é possível perceber um crescente número de notícias sobre os influenciadores digitais e o que podemos dizer é que eles vieram para ficar. A profissionalização desse mercado já é uma realidade e as empresas devem se atualizar e, se possível, adicioná-los em sua estratégia de marketing! O marketing de influência é uma das grandes sacadas para estabelecer conexões entre marcas e pessoas, e pode ser uma ótima estratégia de comunicação, publicidade e vendas. Conheça sobre os influenciadores digitais e como eles podem ser úteis para seu negócio.

 

O que são os influenciadores

É comum navegar pela internet e se deparar com uma pessoa que possui milhares de seguidores nas redes sociais e que você nunca viu na televisão ou escutou uma música no rádio. Certamente ela é uma “digital influencer”. O termo é usado para se referir ao criador de conteúdo que usa canais virtuais para se expressar e acaba por influenciar o comportamento dos internautas que o acompanham.

 

Consumo de Internet no Brasil

A forte chegada de influenciadores e micro-influenciadores nas redes sociais deve-se ao crescente consumo da web. A “We Are Social” (agência especializada em marketing digital) e a “Hootsuite” (plataforma de gerenciamento de mídias) fizeram uma pesquisa com o intuito de calcular quantas horas do dia os brasileiros gastam na internet. Foi visto que, em média, passamos mais de oito horas conectados à internet e quase quatro horas só nas redes sociais.

 

Por que os influenciadores são relevantes para marcas?

Nessa época em que vivemos, a publicidade e a troca de informações passou a acontecer de forma muito mais rápida e ágil. Nesse ambiente digital, o consumidor passou a buscar informações de seu interesse e selecionar os conteúdos mais relevantes para si. Logo, nesse ecossistema onde o consumidor pode pular ou bloquear o seu anúncio com apenas um toque na tela, as marcas precisam oferecer conteúdos, e melhor ainda se ele estiver atrelado à pessoas que geram confiança e relevância para o consumidor.

Incluir influenciadores no processo de comunicação é fundamental para transformar a publicidade invasiva ou irrelevante em uma publicidade voltada a conteúdos e que estimulam o consumidor a fazer uma compra consciente. Os influenciadores digitais se tornaram uma das principais fontes de recomendação, e as marcas precisam fazer parte desse ecossistema para que não sejam esquecidas ambiente online.

De acordo com os dados da pesquisa “How effective are influencers in driving sales”, realizada em 2013, amigos e família eram a principal influência de compra entre os consumidores e, os influenciadores eram responsáveis apenas por 9% das vendas. Já em 2017, a porcentagem de influenciadores cresceu, totalizando 33% de influência sobre as compras.

 

Funciona mesmo?

Veja alguns dados:

- 35% dos seguidores de influenciadores digitais afirmam ter se engajado em algum tipo de causa por recomendações dessas pessoas em suas redes, segundo dados do Influence Impact Report 2017, da Allison+Partners.

- 70% dos adolescentes que acessam o Youtube se conectam mais com influenciadores do que com celebridades, conforme informações do Google Insights.

- 83% dos consumidores confiam em recomendações feitas por pessoas que conhecem, acima de qualquer outra forma de propaganda, como revelou a pesquisa “Global Trust in Advertising” feita pela Nielsen em 2015.

- 91% dos Millennials descobre novos conteúdos em feeds de sites e redes sociais, de acordo com os dados doThe share millennials insights project.

 Qual a diferença entre Celebridades, Influenciadores e Microinfluenciadores?

- Celebridades: atores, atletas e apresentadores muito famosos que estão em diversas plataformas, para além do universo digital. Possuem grande poder de influência, mas geralmente menor engajamento e, em muitos casos, não co-produzem com as marcas.

- Influenciadores: com mais seguidores nas redes sociais, normalmente falam sobre temas mais genéricos, como comportamento, cotidiano, moda e comédia. Também costumam produzir conteúdos junto às marcas.

- Microinfluenciadores: produtor de conteúdo digital para mídias sociais com engajamento proporcionalmente maior que influenciadores e celebridades. Na maioria dos casos, abordam assuntos de nicho. Muitas empresas têm preferido se associar a microinfluenciadores ao invés de mega influenciadores. Isso porque os pequenos influencers, além de cobrarem um valor menor pelo seu trabalho, têm um público mais engajado e estão dentro de uma mercado específico e direcionado.

 

 Influenciadores Regionais

Os influenciadores regionais falam com um público menor, porém mais específico, na região onde moram ou onde mantêm suas atividades profissionais. Assim como emissoras de rádio e TV tem uma programação nacional e local como forma de criar identidade com aquela comunidade.

Para empresas menores ou empresas que ficam localizadas em cidades do interior, os influenciadores regionais são uma excelente pedida. Se sua pequena empresa atende a uma área geográfica específica, procurar por blogueiros em sua vizinhança pode ajudá-lo a encontrar os micro-influenciadores relevantes. Os blogueiros locais geralmente envolvem os leitores de uma área específica e possuem mais chances de atingirem seu público-alvo.

Para encontrar blogueiros regionais, faça uma pesquisa do Google por blogueiros em sua área, use o termo “blog” e o nome de sua cidade. Adicione ainda o seu tipo de negócio, para tentar achar influencers mais específicos. Percorra os resultados e confira se o conteúdo corresponde ao que você está procurando. Então você pode chegar neles e oferecer uma parceria.

Se o seu negócio atende apenas certas áreas, o trabalho com micro-influenciadores de uma cidade diferente não será útil porque o público provavelmente estará localizado em cidades que você não atende. Uma dica para você “verificar” isso é olhar a fanpage do Facebook. Dê uma olhada nos amigos em comum que curtem a página. Se você trabalha na área, é provável que tenha amigos que vão curtir coisas desse campo.

 

Imagens relacionadas

Voltar
Carregando...
Top